SELEÇÃO FI BRASILEIRÃO – Com muita gente fora das grandes forças


SELEÇÃO FI BRASILEIRÃO – Com muita gente fora das grandes forças

Os melhores da quinta rodada são jogadores essenciais para seus times. Tem do Goiás, América-MG, Fortaleza e Avaí

Portal Futebol Interior escolheu os melhores da quinta rodada do Brasileirão, numa rodada em que os favoritos não foram bem.

Categorias: Seleção da Rodada

Por: Agência Futebol Interior, 09/05/2022

Fabián Bustos realiza grande trabalho (Foto: Ivan Storti/Santos)

Campinas, SP, 09 (AFI) – Podemos dizer que, ao final da quinta rodada, o Brasileirão tem surpresas no seu pelotão de frente. A vitória sobre o Red Bull Bragantino manteve o Corinthians na liderança isolada, seguido de perto por Santos e Avaí. O América-MG completa o G4.

Os principais candidatos ao título ainda não deram as caras. O Atlético-MG é o melhor colocado – 7º lugar -, enquanto Palmeiras e Flamengo figuram no meio da tabela. Os destaques negativos são Fortaleza, Atlético-GO e Juventude, que ainda não venceram.

A Seleção do Portal Futebol Interior da quinta rodada está escalada assim:

Seleção do Brasileirão – 5.ª rodada Gatito Fernández foi o herói da vitória do Botafogo sobre o Flamengo (Foto: Vitor Silva/Botafogo)

CONFIRA ABAIXO A SELEÇÃO FI

Goleiro: Gatito Fernández (Botafogo)Atuação excepcional com grandes defesas durante todo o clássico com o Flamengo disputado no estádio Mané Garrincha. Parou Gabigol, Bruno Henrique e Cia, deixando o campo como o melhor do clássico.

Lateral-direito: Raúl Cáceres (América-MG)Saiu do banco de reservas para garantir a vitória do América-MG no clássico sobre o Atlético-MG, resultado que colocou o time de Vagner Mancini entre os primeiros do Brasileirão. Raúl Cáceres marcou o segundo gol do Coelho e quase fez mais um nos acréscimos.

Zagueiro: Sidimar (Goiás)Em sua estreia, Sidimar foi seguro e teve tranquilidade para comandar o setor após o time ficar com um a menos. Soube segurar a pressão do Atlético e ajudar o time a conquistar a primeira vitória.

Zagueiro: Vitão (Internacional)O Juventude foi quem mais busco o gol durante toda a partida, mas encontrou uma defesa muito bem postada. Apesar do gol sofrido nos acréscimos, o Inter se segurou bem. Além de fazer sua parte lá atrás, Vitão apareceu no ataque para abrir o placar.

Lateral-esquerdo: Abner Vinícius (Athletico-PR)Com certeza deixou boa impressão para Luiz Felipe Scolari, que acompanhou a vitória sobre o Ceará das tribunas da Arena da Baixada. Subiu muito para o ataque e foi recompensado ao marcar o único gol da partida, aproveitando cruzamento da direita.

Du Queiroz é o motorzinho do Corinthians (Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians)

Volante: Du Queiroz (Corinthians)Em meio a tantos medalhões, sua presença no meio-campo do Corinthians é essencial para fazer a engrenagem funcionar. Talvez hoje seja um dos jogadores mais importantes do time de Vitor Pereira. Contra o Red Bull Bragantino, além de fazer a sua parte na marcação, foi quem deu a assistência para Renato Augusto marcar o gol da vitória.

Volante: Juninho (América-MG)É do estilo maquininha, que está sempre em todos os lugares do campo, mas com muita qualidade. Rouba a bola, tem bom passe e aparece na área para finalizar. Um volante que não é habilidoso, mas recompensa com enorme eficiência.

Meia: Igor Gomes (São Paulo)Sem dúvidas, Igor Gomes está vivendo a melhor fase de sua carreira pelo São Paulo. Sempre efetivo na marcação e também na armação tricolor e foi assim que aconteceu no segundo tempo do empate com o Fortaleza. Ele deu uma bonita assistência para o gol de Luciano.

Meia: Yago Pikachu (Fortaleza)É o cérebro do meio-campo do Fortaleza. Além de ajudar a organizar o time taticamente, foi muito bem no setor ofensivo quando teve espaço. Tanto que foi dele que saiu o gol de empate diante do São Paulo. Pikachu recebeu um lançamento de Juninho Capixaba e, livre de marcação, mandou a bola no ângulo, marcando um golaço.

Atacante: Léo Baptistão (Santos)Não há dúvida de que fez a sua melhor atuação com a camisa do Peixe, na vitória por 4 a 1 em cima do Cuiabá. Abriu o caminho da vitória com um golaço. Após ajeitada no peito de Madson, aparou a bola com um pé e, sem deixar ela cair, bateu de virada e no alto. Um golaço.

Atacante: Muriqui (Avaí)Recuperado de contusão, o experiente atacante mostrou como é importante para o Avaí na luta pela permanência na elite do Brasileirão. Ao lado do companheiro Bissoli, foi o destaque na vitória de virada sobre o Coritiba, por 2 a 1. Depois de sofrer o pênalti que originou o gol de Bissoli, Muriqui marcou o segundo gol, também em cobrança de pênalti. Além de tudo isso, é um líder dentro de campo.

Técnico: Fabián Bustos (Santos)Depois de correr risco de rebaixamento até a última rodada do Paulistão, Fabián Bustos teve seu trabalho questionado, mas foi bancado pela diretoria. E o tempo está mostrando que a decisão foi acertada. Mesmo diante de tantos problemas, inclusive a falta de dinheiro, o Santos está surpreendendo neste início de Brasileirão e figura na vice-liderança.

Confira também:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.