Libertadores: Corinthians manda ofícios para Conmebol punir o Boca por racismo


Libertadores: Corinthians manda ofícios para Conmebol punir o Boca por racismo

Segundo a Conmebol qualquer jogador ou dirigente fazer um insulto a cor de pele, raça, sexo ou orientação será suspenso por cinco jogos ou por dois meses

Nesta sexta-feira, o Corinthians enviou juntamente a FPF dois ofícios para a Conmebol punir o Boca Juniors por racismo

Categorias: Grandes clubes de São Paulo

Por: Agência Futebol Interior, 20/05/2022

Du Queiroz, autor do gol do Corinthians. (Foto: Rodrigo Coca/ Corinthians)

São Paulo, SP,20 (AFI) – O jogo entre Corinthians e Boca Juniors pela Libertadores nesta última terça-feira (17) pode ter acabado em campo mas na justiça ainda continua, pois o clube paulista enviou dois ofícios para Conmebol para punir o time argentino por racismo.

Antes do jogo rolar, um vídeo estava em alta na internet, um torcedor do Boca imitando um macaco para o setor onde a torcida do Corinthians estava. Por conta destes atos o presidente do Corinthians, Duilio Monteiro e o presidente da FPF, Reinaldo Carneiro Bastos, enviaram dois ofícios para a Conmebol.

Crianças da Torcida do Boca imitando macaco. (Foto: Reprodução/ Instagram)

MUDOU O CODIGO

Depois de todo o ocorrido, a Conmebol no início do mês anunciou que as punições serão mais pesadas aos clubes que cometerem esse tipo de ação. O código da Conmebol agora, prevê uma multa de US$ 100 mil (R$ 500mil) para tal delito. O River Plate já foi multado em R$150 mil antes desta nova determinação.

Além da punição financeira, os clubes também podem ser punidos com jogos com portões fechados ou com números a menos nas arquibancada

“Insulte ou atente contra a dignidade humana de outra pessoa ou grupo de pessoas, por qualquer meio, por motivos de cor de pele, raça, sexo ou orientação sexual, etnia, idioma, credo ou origem, será suspenso por um mínimo de cinco jogos ou por um período de tempo mínimo de dois meses” diz a novo código da Conmebol.

Confira também:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.