Cássio discorda de expulsão de Cantillo, mas valoriza maturidade do Corinthians na Argentina

O Corinthians não poderá contar com o volante Victor Cantillo para o último jogo da fase de grupos da Libertadores após ser expulso contra o Boca Juniors, na Argentina. Três dias depois da partida, o goleiro Cássio questionou a necessidade do cartão.

"Em certos jogos, do Brasileiro, Libertadores, o time vem mostrando maturidade. Jogar na Bombonera é muito difícil. Já joguei lá duas outras vezes. Muito se falava em catimba, situação para catimbar o jogo. Acho que o Corinthians aprendeu, os times brasileiros no geral. Nos postamos bem. Vi o lance (do Cantillo) depois, não achei que era pra expulsão. Foi um empurra empurra, dali e daqui, mas não tem VAR e fica difícil", disse Cássio em entrevista coletiva concedida nesta sexta-feira.

Cantillo foi expulso no segundo tempo de jogo após um empurrão em Fernández. Depois disso, o Corinthians precisou ter postura para, com um a menos dentro de campo, sair com um ponto da Bombonera.

"Acho que (o time) mostrou maturidade. Saiu ganhando, tomou o gol, se manteve no jogo. Eles vieram pra cima e nos postamos bem. Talvez não tenha criado, mas vai da circunstância do jogo. Mas todos estão comprometidos. O treinador foi expulso e os auxiliares comandaram a equipe. Isso é o Corinthians. A união, o conjunto. Não sou eu, o treinador, o conjunto está comprometido e com confiança do que estamos fazendo para a equipe crescer", pontou Cássio.

O arqueiro também falou sobre o lance em que jogou uma bola para lateral. Na ocasião, Fábio Santos estava caído em campo, mas o Boca Juniors não colocou o fair play em ação e não devolveu a bola para o Timão. Cássio lamentou a situação, mas ressaltou que se fosse ao contrário, os argentinos teriam achado ruim.

"O jogador estava caído, joguei a bola e deu a confusão porque a bola não voltou. Às vezes julgamos por um ato, mas se acontecer com eles e não fizerem igual, eles vão achar ruim. O Fábio estava caído, eles deveriam devolver a bola. Deu essa confusão, mas já foi", encerrou.

O Corinthians agora é o vice-líder do Grupo E na Libertadores. O Timão tem o mesmo número de pontos que o Deportivo Cali, mas fica na segunda colocação em razão do saldo de gols. Contudo, a equipe alvinegra ainda pode fechar a fase de grupos na ponta da tabela.

O elenco encara o Always Ready, já eliminado da Libertadores, na próxima quinta-feira, às 21h, na Neo Química Arena. Se vencer, a equipe está classificada para as oitavas. Antes disso, o Timão tem um Majestoso neste domingo. O Corinthians recebe o São Paulo, às 16h, também em Itaquera, pelo Brasileirão.

Notícias relacionadas

Notícias relacionadas Du Queiroz é o 15º atleta da base do Corinthians a marcar um gol na Libertadores; veja lista Corinthians inicia venda de ingressos para jogo contra o Always Ready, na Libertadores; saiba tudo Deportivo Cali vence o Always Ready e assume liderança do grupo do Corinthians na Libertadores

Veja mais em: Cássio, Victor Cantillo, Corinthians x Boca Juniors e Libertadores da América.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.