Corinthians pede fim ao uso de sinalizador e cantos homofóbicos na Neo Química Arena

Corinthians e São Paulo empataram em 1 a 1 pelo Campeonato Brasileiro neste domingo. O Majestoso foi marcado por dois incidentes na Neo Química Arena: o uso de sinalizadores e cantos homofóbicos nas arquibancadas.

Ambos os atos já haviam sido repudiados pelo presidente Duilio Monteiro Alves após o duelo. Em nota oficial publicada após a partida, o Corinthians pediu para que esses atos não voltem a se repetir dentro do local. A instituição também afirmou que, nas redes sociais e nos telões do estádio, alerta de forma contínua que as práticas são proibidas.

De acordo com o clube, o torcedor que acendeu um sinalizador no Setor Sul da Neo Química Arena foi identificado por meio dos sistemas de câmeras do estádio. O Corinthians afirmou que o homem foi "conduzido pela Polícia Militar à sala de policiamento local. Ali seus dados foram coletados para que o clube tome as providências cabíveis quanto à responsabilidade do ato".

O clube, vale lembrar, ainda destacou que também identificou o cidadão ao árbitro da partida. Dessa forma, para que as informações constassem na súmula.

Sobre os cantos homofóbicos na Neo Química Arena, o Corinthians reafirmou que repudia a prática. Ainda na semana que antecedeu a partida, o Timão fez um post em suas redes sociais pelo Dia Internacional de Combate à Homofobia.

Confira na íntegra a nota publicada pelo Corinthians

O Sport Club Corinthians Paulista informa que foi identificado o torcedor que acendeu sinalizador no setor Sul da Neo Química Arena durante a partida contra o São Paulo neste domingo (22), pelo Brasileirão 2022. Ele foi localizado pelo sistema de câmeras do estádio e conduzido pela Polícia Militar à sala de policiamento local. Ali seus dados foram coletados para que o clube tome as providências cabíveis quanto à responsabilidade do ato.

O clube comunicou a identificação ao árbitro da partida, para que as informações fossem adicionados à súmula.

Quanto aos cantos homofóbicos relatados na súmula, o Corinthians reafirma o repúdio a tal prática. Vale lembrar que o clube alerta continuamente sua torcida, por meio de suas redes sociais e do sistema de som e de telões da Neo Química Arena, para a ilegalidade desses comportamentos inaceitáveis. Fica aqui mais uma vez o pedido à Fiel Torcida para que esses atos não se repitam em nossa arena.

Atenciosamente,Sport Club Corinthians Paulista.

Notícias relacionadas

Notícias relacionadas Súmula do Majestoso tem relato de objetos lançados no gramado, gritos homofóbicos e sinalizadores Corinthians fecha rodada na liderança do Brasileiro e mantém margem para perseguidores; veja tabela Duilio pede fim de canto homofóbico da torcida do Corinthians e cita sinalizadores após o Majestoso

Veja mais em: Majestoso, Corinthians x São Paulo, Campeonato Brasileiro, Neo Química Arena e Torcida do Corinthians.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.