Fisioterapeuta deixa o Corinthians após mais de 13 anos

O Corinthians teve uma baixa importante no seu quadro de funcionários do departamento de futebol neste início de semana. Trata-se do fisioterapeuta Caio Mello, que foi demitido após mais de 13 anos no clube do Parque São Jorge.

A informação foi divulgada inicialmente pelo jornalista Marco Bello e confirmada pela reportagem do Meu Timão. O profissional foi desligado do Corinthians por Joaquim Grava, médico do clube e chefe do departamento.

Pelos anos em que esteve no clube, Caio criou boa relação com os jogadores. Recentemente, ele recebeu os agradecimento públicos de Willian após o meia se curar de lesão na coxa. Pouco antes, ele acompanhou Renato Augusto e Adson em suas recuperações.

Com a baixa de Caio, o departamento de fisioterapia corinthiano agora conta com três nomes. O profissional deixa a responsabilidade nas mãos de Lucas Freitas, Paulo Rogério e Bruno Gorgatte. A expectativa agora é de que um nome do cargo no departamento de formação seja transferido ao time profissional.

Apesar do longo tempo de casa, o profissional chegou perto de ser desligado do clube ainda em 2018. Em outubro daquele ano, uma discussão "pública" com Ivan Grava, médico do Corinthians na época, estremeceu as relações internas do fisioterapeuta. Antes disso, ele já havia passado por dois afastamentos temporários.

Caio chegou ao Corinthians em 2009, por indicação do ex-atacante Ronaldo. Nos anos de 2017 e 2018, foi convidado por Tite, com quem trabalhou no Timão para compor a comissão da Seleção Brasileira. Em 2019, ele esteve com a equipe médica na conquista da Copa América.

Veja mais em: Departamento Médico.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.