Lucas Piton chega à décima assistência no profissional do Corinthians e mantém média de destaques

O lateral-esquerdo Lucas Piton chegou à sua décima assistência desde que subiu ao elenco profissional do Corinthians, mantendo uma média digna dos grandes nomes da função na história recente alvinegra. O feito foi obtido com o passe para o gol de Adson no empate por 1 a 1 contra o São Paulo, no domingo.

Piton agora tem, por exemplo, o mesmo número de assistências registrado por Guilherme Arana com a camisa alvinegra. Diferentemente do hoje atleta de Seleção Brasileira, Piton obteve o feito em 75 partidas contra 87 da outra cria do Terrão.

Mesmo quando comparado a destaques absolutos da função, Piton se destaca no recorte do início da carreira. Sylvinho, seu ex-treinador, teve apenas quatro passes para gols de companheiros nos primeiros 75 jogos de Corinthians.

Já Kléber, talvez o melhor nessa função, teve as mesmas dez assistências que Piton nos seus primeiros 75 jogos pelo clube. Suas temporadas de "explosão" foram já a partir da contagem centenária de jogos, entre 2001 e 2002, quando deu incríveis 35 passes para gol na soma dos dois anos.

Do outro lado do campo, Fagner, que tem se destacado bastante no fundamento, deu nove assistências em seus primeiros 75 jogos pelo Corinthians – vale lembrar que o camisa 23 estreou em 2006, mas só foi completar a marca em 2015, bem mais experiente.

Lucas Piton, aliás, é hoje o lateral com mais assistências do Brasileirão 2022. Ele estreou no profissional dando um cruzamento para o gol de Gustagol, na derrota por 2 a 1 para o Fluminense, na última rodada do Brasileiro de 2019. Em 2020, serviu quatro vezes aos seus companheiros, completando com mais três no ano passado – veja lista abaixo.

Confira as assistências de Lucas Piton pelo Corinthians

  • 2019 – 1 x 2 Fluminense, gol de Gustagol
  • 2020 – 1 x 2 Atlético Nacional, gol de Ramiro
  • 2020 – 3 x 1 Coritiba, gol de Mosquito
  • 2020 – 3 x 2 Bahia, gol de Roni
  • 2020 – 1 x 2 Ceará, gol de Léo Natel
  • 2021 – 3 x 0 Sport Huancayo, gol de Cauê
  • 2021 – 4 x 1 Inter de Limeira, gol de Fagner
  • 2021 – 3 x 2 Cuiabá, gol de Giuliano
  • 2022 – 3 x 0 Avaí, gol de Róger Guedes
  • 2022 – 1 x 1 São Paulo, gol de Adson
  • Veja mais em: Lucas Piton, Retrospecto do Corinthians e Base do Corinthians.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.