Corinthians empata sem gols com Cascavel pela Liga Nacional de Futsal e sobe uma posição na tabela

Nesta segunda-feira, o Corinthians empatou com o Cascavel por 0 a 0, no Ginásio Wlamir Marques, no Parque São Jorge. O duelo foi válido pela oitava rodada da Liga Nacional de Futsal.

Com o resultado, o clube alvinegro chegou a 13 pontos na tabela e subiu na classificação. O Timão ultrapassou o Praia Clube e ocupa a oitava posição da competição nacional. Em todo o campeonato, o Corinthians soma três vitórias, quatro empates e uma derrota.

A partida foi muito movimentada. O time mandante pressionou muito a equipe paranaense, mas freou na bela atuação de Deivão, goleiro do Cascavel. O destaque negativo da partida ficou para Allan, que foi substituído após sentir dores na panturrilha.

Anota aí – O próximo jogo do Timão pela Liga Nacional de Futsal será na próxima sexta-feira, às 19h30. O clube alvinegro encara o Taubaté, em duelo válido pela nona rodada da competição nacional. A partida será no Ginásio Adib Moisés Dib, em São Bernardo do Campo, no ABC paulista.

Escalação

O treinador Deividy Hadson não pôde contar com Lucas Oliveira, expulso na partida contra o Magnus. Além do goleiro, Lucas Martin, Bryan e Bazzinho se recuperam de lesão e não estavam aptos para o jogo. O Corinthians entrou em quadra com Vandeson, Henrique, Tatinho, Allan e Deives.

O jogo

Primeiro tempo

A primeira chance do Corinthians foi logo no primeiro minuto. Henrique roubou a bola no campo defesa, lançou Deives no ataque e o pivô rolou para Tatinho, mas o jogador chutou longe do gol. O Timão iniciou o jogo pressionando a marcação adversária.

Aos dois minutos, mais uma chance corinthiana. Deives recuperou no campo de ataque, driblou dois marcadores e passou para Tatinho, que finalizou forte para defesa de Deivão, goleiro do Cascavel. O clube alvinegro dominava a posse de bola e as ações ofensivas da partida. Os visitantes apostavam em jogadas fora da área, mas não conseguiam criar chances claras de gol. Destaque para a defesa do Timão que conseguiu neutralizar as tentativas da equipe paranaense.

O Corinthians ficou perto de abrir o placar aos seis minutos. Em ataque rápido, Vanderson lançou Yan, o jogador carregou pela esquerda e chutou forte, mas Deivão novamente fez a defesa.

Aos sete minutos, o clube alvinegro chegou perto de fazer o primeiro gol com Vandeson, o goleiro corinthiano. Após troca de passes na defesa, o camisa 13 do Timão carregou até a intermediária e soltou uma bomba que passou por cima do gol.

A melhor chance do Cascavel foi aos nove minutos. Após erro da zaga corinthiana, Ernani roubou a bola e chutou forte. Ela passou por Vandeson, mas explodiu em Allan. Por pouco, o clube paranaense não abriu o placar.

O Timão voltou ao ataque aos dez minutos. Em boa jogada individual, Tatinho encarou a marcação, driblou o zagueiro, soltou a bomba e Deivão fez mais uma defesa para salvar o Cascavel. O goleiro do clube paranaense era o grande destaque do jogo até então.

Aos 13 minutos, Canabarro dividiu com Kevin, fez a sexta falta do Corinthians e o Cascavel ganhou uma oportunidade de bater um tiro livre. Na cobrança, Carlão bateu e a bola explodiu na trave.

O clube do Parque São Jorge voltou a pressionar no ataque, mas a defesa paranaense conseguiu neutralizar as chegadas. Fora de quadra, a partida era nervosa, com os reservas corinthianos discutindo muito com os árbitros.

Restando cinco minutos para o fim do primeiro tempo, Deivão fez uma defesa espetacular. Deives recebeu na área, matou no peito, ajeitou para a perna direita, chutou forte e o goleiro da equipe paranaense fez boa defesa à queima roupa.

Aos 16 minutos, foi a vez do Timão bater tiro livre. Canabarro partiu para a cobrança, mas chutou mal e a bola passou sem força ao lado das traves defendidas por Deivão, goleiro do Cascavel.

Mesmo com a pressão corinthiana nos últimos minutos, poucas chances claras foram criadas e o placar se manteve zerado. O Timão jogou melhor, teve mais posse de bola durante a primeira parte da partida, mas o jogo foi ao intervalo empatado por 0 a 0.

Segundo tempo

A segunda etapa começou movimentada, com ambas as equipes se impondo bastante no ataque. Aos três minutos, o Timão ficou muito perto de abrir o placar. Deives recebeu na entrada da área, chutou forte e Deivão fez boa defesa.

O Cascavel teve sua primeira oportunidade da segunda etapa aos seis minutos. Gessé recebeu na direita, carregou, entrou na área, chutou forte e a bola passou raspando a trave de Vandeson.

O Timão voltou a ter uma chance clara aos oito minutos. Lé recebeu na esquerda, tirou o zagueiro, finalizou com força e a bola passou à esquerda das traves defendidas por Deivão. O clube alvinegro tinha mais a posse de bola, mas as duas defesas conseguiam marcar as ações ofensivas.

A partida ficou muito parada, com faltas para ambos os lados. O Timão passou a apostar na inversão de jogadas e em lançamentos ao ataque. A equipe paranaense tinha menos a posse de bola, mas também não sofria na defesa.

Aos dez minutos, um destaque negativo da segunda etapa. Após a tentativa de um drible, Allan saiu com dores e não conseguiu retornar a partida. O jogo ficou parado por mais de dois minutos no Ginásio Wlamir Marques.

Aos 11, o Cascavel trocou passes no campo de ataque, Kevin recebeu no meio, chutou forte e Vandeson jogou para escanteio. Na cobrança, mais uma vez a equipe paranaense criou bela oportunidade: Carlão recebeu na área, girou, chutou e a bola passou raspando a trave.

O Corinthians conseguiu pressionar com intensidade aos 12 minutos. Levy recebeu no meio, arriscou e a bola explodiu na trave. No rebote, o Timão criou boa jogada, e o camisa 15 corinthiano arriscou mais uma vez com perigo, mas o chute passou por cima do travessão.

A segunda metade da etapa final ficou mais parelha, sem chances claras para ambos os times. Aos 18 minutos, o Cascavel conseguiu pressionar. Deivão arriscou no campo de defesa e Vandeson foi obrigado a fazer boa defesa.

Restando 19 segundos para o fim da partida, Deives foi derrubado próximo da área. Na cobrança, Canabarro tocou para Henrique, que chutou por cima do gol. A partida terminou empatada em 0 a 0.

Veja mais em: Futsal do Corinthians e Parque São Jorge.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.