Libertadores: Conmebol multa Corinthians em R$ 300 mil e causa revolta


Libertadores: Conmebol multa Corinthians em R$ 300 mil e causa revolta

Multa aplicada ao Timão é maior do que penalização por racismo

Categorias: Grandes clubes de São Paulo

Por: Agência Futebol Interior, 07/06/2022

São Paulo, SP, 07 – A Comissão Disciplinar da Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) decidiu que o Corinthians deve pagar três multas referentes a questões operacionais na partida contra o Boca Juniors, realizada no último dia 26 de abril, na Neo Química Arena. A soma das penalizações feitas ao time de Itaquera totalizam cerca de $63 mil (R$302 mil).

As infrações apontam uma multa de R$240 mil por atraso para entrar em campo, outra de R$38 mil por reincidência ao desrespeitar protocolos da partida e mais R$24 mil por conta da utilização de sinalizadores pela torcida corinthiana.

Foto: Instagram/Guerreiros do Leão

MAIOR DO QUE RACISMO

A polêmica foi gerada pelo fato de que a multa aplicada ao Timão é maior do que os valores aplicados em casos de racismo, como o episódio protagonizado pelos torcedores do Estudiantes diante da torcida do Red Bull Bragantino. O clube argentino foi multado em $30 mil (cerca de R$144 mil na cotação atual), mesmo acontecendo após a mudança do Código de Disciplina que estipula multa mínima de $100 mil (R$480 mil). 

A decisão e posicionamento da Conmebol causou revolta nos clubes brasileiros, torcedores e CBF. O Corinthians poderá recorrer da decisão perante a Comissão de Apelações da Conmebol em até sete dias depois da notificação. Caso decida apelar da decisão, o clube alvinegro precisará desembolsar $3 mil (R$14 mil). 

Confira também:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.