Áudio do VAR explica por que não viu pênalti contra o Corinthians em lance de Renato Augusto

O áudio do VAR liberado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) explica por que não foi considerada falta de Renato Augusto uma bola em que o meia colocou a mão ao cair no chão. O lance se deu no primeiro tempo da partida, quando o placar do duelo contra o São Paulo, na Neo Química Arena, marcava 0 a 0.

desvia cruzamento e o meia, no chão, bate com as duas mãos na redonda. Assim que a jogada ocorre, o árbitro Wilton Pereira Sampaio repete a jogadores do São Paulo que Renato estava no chão. O meia corinthiano chega a se aproximar para dizer que foi empurrado por Léo, do São Paulo, antes da ocasião. Aí entra o VAR.

"O próprio jogador defensor, na hora do cabeceio, cabeceia no próprio companheiro. Ele vai se defender e ele coloca a mão na bola, mas, para mim, essa mão não é infração. É uma mão de proteção", diz a árbitra Daiane Caroline Muniz, responsável pela ferramenta, aos outros companheiros na cabine.

"Tem uma possível falta também", diz Wilton aos jogadores pouco antes de ser chamado para conversar. Quando o áudio da conversa com o juiz abre, Daiane é direta e pede sequência à partida.

"Existe a mão do jogador defensor, porém ele está no chão, não está em ação de bloqueio. Ele coloca a mão na bola para se defender, tá bom? Seguimos", continuou. "O mesmo que eu vi, Daiane", concluiu Wilton.

E mais! Confira informação importante sobre próximo adversário do Corinthians na Libertadores

Notícias relacionadas

Notícias relacionadas Corinthians volta a ter sequência de três empates seguidos após oito meses Lucas Piton chega à décima assistência no profissional do Corinthians e mantém média de destaques Corinthians faz trabalhos táticos e conta com seis jogadores da base em reapresentação ao CT

Veja mais em: Campeonato Brasileiro, Renato Augusto, Majestoso e Corinthians x São Paulo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.