Corinthians suspende torcedor que acendeu sinalizador no Majestoso e o bane da Neo Química Arena

O Corinthians anunciou nesta quarta-feira as medidas tomadas para punir o torcedor que acendeu um sinalizador durante o Majestoso do último domingo, na Neo Química Arena. Ele foi prontamente identificado e penalizado em duas diferentes circunstâncias.

O Timão optou por suspender o torcedor do programa Fiel Torcedor e bani-lo da Neo Química Arena ao menos até que o julgamento do clube no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) seja realizado. O prazo para a realização da avaliação do órgão é de 40 dias.

O sinalizador foi aceso já na reta final do segundo tempo, no Setor Sul, e causou a paralização da partida por cerca de 30 segundos, como relatado pelo árbitro da partida na súmula. O corinthiano infringiu o Estatuto de Defesa do Torcedor no Artigo 13 A, parágrafo único, inciso VII. Além disso, o regulamento da competição prevê que qualquer infração da torcida é de responsabilidade do clube.

A nota oficial divulgada pelo clube com a informação ainda pede ajuda da torcida. O Corinthians frisou a importância da Fiel para o bom desempenho do Timão em campo e ainda pediu que a torcida colabore "no sentido de evitar o risco de multas e de punições como perda de mando de jogo ou jogo com portões fechados" – veja a nota completa abaixo.

Por fim, o clube também deixou recados sobre outras "quebras de regras" que também aconteceram no Majestoso. O Corinthians solicitou que objetos não sejam arremessados em campo e que gritos e músicas com mensagens racistas, homofóbicas ou ofensivas de maneira geral não sejam reproduzidos.

Confira a nota oficial do Corinthians

O Sport Club Corinthians Paulista informa que o torcedor identificado ao acender um sinalizador no setor Sul da Neo Química Arena no jogo contra o São Paulo, no último domingo (22), será punido por infringir o Estatuto de Defesa do Torcedor em seu Artigo 13 A, parágrafo único, inciso VII.

Ele ficará suspenso do programa Fiel Torcedor e banido da entrada na Neo Química Arena no mínimo até o julgamento do clube no STJD, que ocorrerá no prazo de 40 dias.

Mais uma vez, lembramos que a presença da Fiel é essencial para o Timão em campo e pedimos aos torcedores que cooperarem com o Corinthians e com a administração da Neo Química Arena no sentido de evitar o risco de multas e de punições como perda de mando de jogo ou jogo com portões fechados. Não acendam sinalizadores ou quaisquer tipos de fogos de artifício, não arremessem objetos nem invadam o gramado e não gritem ou cantem mensagens racistas, homofóbicas ou ofensivas em geral.

Atenciosamente,

Sport Club Corinthians Paulista.

Veja mais em: Torcida do Corinthians, Neo Química Arena, Majestoso e Corinthians x São Paulo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.