Árbitro de Corinthians e Always Ready acumula polêmicas em jogos de outras equipes brasileiras

O Corinthians decide, nesta quinta-feira, uma vaga nas oitavas de final da Libertadores 2022. A equipe alvinegra recebe o Always Ready, da Bolívia, na Neo Química Arena, às 21h, e já conhece o árbitro da partida.

Para o confronto decisivo desta noite, o Corinthians contará com o árbitro colombiano José Ramón Argote Vega no comando da partida. Esta será a terceira vez que o árbitro apita um jogo do Timão. As outras duas oportunidades foram pela Sul-Americana de 2019 e 2021 – veja a página do árbitro aqui.

Meu Timão

José Argote apitou os confrontos contra Montevideo Wanderers, do Uruguai, e River Plate, do Paraguai. Em ambos os duelos, o Corinthians saiu vitorioso – no primeiro, por 2 a 0, e no segundo, por 4 a 0.

Apesar de ter nascido na Colômbia, José Argote apita pela Federação Venezuelana de Futebol. A situação gerou uma polêmica antes da final da Sul-Americana de 2017, entre Flamengo e Júnior Barranquilla, da Colômbia. Naquele ano, um jornalista argentino, Marcelo Benini, apresentou uma acusação de que o árbitro era de San Juan del César, na Colômbia, e não de Maracaibo, na Venezuela, onde estava registrado.

A denúncia do jornalista argentino aconteceu após uma vitória do Atlético Nacional, da Colômbia, contra o Huracán, da Argentina, nas oitavas da Libertadores 2016. A equipe argentina acusou Argote de uma arbitragem "roubada" em uma hashtag nas redes sociais.

O árbitro alega ter nascido em Maracaibo, na Venezuela, e que foi para San Juan del César para se formar em medicina veterinária; por essa razão, teria a cidadania colombiana. A acusação do jornalista argentino, porém, é justamente o contrário.

Em 2021, Argote se envolveu em uma polêmica nas oitavas de final da Sul-Americana entre Grêmio e LDU, do Equador. Na partida, o árbitro marcou uma penalidade que garantiu a vitória de virada dos equatorianos e que eliminava o Grêmio. A marcação foi fortemente questionada pelo então técnico Felipão e pelo atacante Alisson.

Para o duelo entre Corinthians e Always Ready nesta quinta-feira, José Argote contará com o auxílio dos venezuelanos Franchescly Chacon e Antoni Garcia. O Timão precisa de uma vitória simples para avançar às oitavas; os bolivianos já estão eliminados da Libertadores.

Notícias relacionadas

Notícias relacionadas Corinthians enfrenta Always Ready em busca de confirmar classificação na Libertadores; saiba tudo Jô fala sobre trajetória do Corinthians na Libertadores e destaca importância de jogo desta quinta

Veja mais em: Arbitragem, Libertadores da América e Neo Química Arena.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.