Corinthians faz pior campanha na fase de grupos da Libertadores em 30 anos

O Corinthians concluiu na noite da quinta-feira a sua pior campanha na fase de grupos da Libertadores do últimos 31 anos. O empate por 1 a 1 diante do Always Ready, na Neo Química Arena, fez o Timão terminar a sua chave com apenas nove pontos conquistados, na segunda colocação.

O time não ficava nem em nem fazia menos de dez pontos de 1991, quando foi vice-líder de um grupo que tinha Flamengo, Nacional-URU e Bella Vista-URU. Naquela ocasião, a equipe perdeu e empatou com os cariocas, empatou as duas com o Nacional e ganhou e empatou frente ao Bella Vista.

Como a vitória valia apenas dois pontos naquela época, o clube fechou o grupo com seis – hoje seriam sete. Nas outras 11 fases de grupo disputadas além da atual, nenhum desempenho havia falhado na hora de passar dos dez pontos.

O único desempenho pior que o deste ano além do de 1991 foi em 1977. Naquela ocasião, os alvinegros, com a cabeça no Campeonato Paulista, terminaram a chave com duas vitórias, um empate e três derrotas.

Agora em segundo lugar, o Timão também viverá uma situação que praticamente não ocorreu nos últimos anos: decidir os mata-matas da Libertadores fora de casa. No século, a única ocasião em que isso se deu foi nas Pré-Libertadores de 2011 e 2015, com uma classificação, diante do Once Caldas, e uma eliminação, frente ao Tolima.

Notícias relacionadas

Notícias relacionadas Corinthians conhece detalhes das oitavas da Libertadores nesta sexta; veja como será o sorteio Adson lamenta chances perdidas e diz que Corinthians fez uma boa partida contra o Always Ready Auxiliar de Vítor Pereira fala em 'planejamento' no Corinthians e lamenta chances perdidas

Veja mais em: Libertadores da América.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.