Corinthians não vence rival boliviano em casa pela primeira vez na história

O Corinthians não venceu um adversário da Bolívia como mandante pela primeira vez nos seus 112 anos de história. O fato ocorreu na noite da última quinta-feira, quando a equipe empatou por 1 a 1 com a equipe do Always Ready, na Neo Química Arena, na última partida da fase de grupos da Libertadores da América.

Até o embate em Itaquera, o Timão havia encarado três adversários do país vizinho como mandante, vencendo todos eles com facilidade. Todos os confrontos foram válidos pela Copa Libertadores.

O primeiro encontro foi em 1999, com o Jorge Wilstermann, pelas oitavas de final do torneio. Naquela ocasião, depois de empatar por 1 a 1 no jogo de ida, o Timão disparou 5 a 2 na volta, em uma tarde de quarta-feira, no Pacaembu.

A métrica foi mantida no confronto seguinte, também em uma quarta-feira, mas à noite, em 2003. Diante do Strongest, no Pacaembu, o Corinthians venceu por 4 a 1 com facilidade e encaminhou a sua vaga na próxima fase do torneio ainda no primeiro turno do grupo.

Dez anos depois, os comandados de Tite receberam o San José, de Oruro, se dando ao luxo de poupar alguns jogadores por estar classificado. Em campo, triunfo por 3 a 0 no Pacaembu e vaga em primeiro assegurada.

Corinthians contra bolivianos como mandante

  • Corinthians 5 x 2 Jorge Wilstermann – Libertadores 1999
  • Corinthians 4 x 1 The Strongest – Libertadores 2003
  • Corinthians 3 x 0 San José – Libertadores 2013
  • Corinthians 1 x 1 Always Ready – Libertadores 2022
Notícias relacionadas

Notícias relacionadas Corinthians faz pior campanha na fase de grupos da Libertadores em 30 anos Adson lamenta chances perdidas e diz que Corinthians fez uma boa partida contra o Always Ready Filipe explica opção por Róger Guedes depois de Vítor dizer que o atacante não vinha treinando bem

Veja mais em: Libertadores da América e Retrospecto do Corinthians.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.