Cássio projeta duelo com o Boca Juniors e prega respeito pela instituição Corinthians

O Corinthians só volta a disputar a Copa Libertadores no final do mês, mas os jogadores já respondem perguntas e projetam o novo encontro com o Boca Juniors, da Argentina. Neste domingo, após o empate com o América Mineiro, pelo Brasileirão, o goleiro Cássio fez uma análise do confronto das oitavas de final da competição sul-americana.

O arqueiro comentou sobre a dificuldade do duelo e rechaçou uma 'escolha de adversário". Cássio relembrou situações em que o Corinthians acabou eliminado por equipes consideradas mais fracas para justificar que "não tem que escolher" rival na Libertadores.

“É difícil até falar, porque no retrospecto, antigamente, a gente já pegou equipes que todo mundo falava que íamos passar, e a gente sempre teve problemas e até fomos eliminados. Acho que chegou numa fase da Libertadores que não tem que escolher, não tem pra onde cair. Muito se falou que a gente classificou em segundo, logico que se a gente classificasse em primeiro a gente podia decidir a segunda partida em casa, tendo a torcida seria ótimo. Mas não aconteceu. Se for ver os dois potes tinham equipes difíceis, equipes de tradição, então é ir em busca", disse o camisa 12 na zona mista da Neo Química Arena.

O goleiro, tão importante na conquista da Libertadores de 2012, também ressaltou a importância de se ter respeito pelo Boca Juniors. Cássio, porém, fez questão de exaltar o tamanho do Corinthians.

"A gente é o Corinthians, a gente respeita o Boca (Juniors), é uma grande instituição, mas o Corinthians também é uma grande instituição. Uma equipe que tem mais de 100 anos, conseguiu ganhar todos os títulos, tem mais de 30 milhões de torcedores. Vamos em busca da classificação. Tem respeito pela equipe, mas a gente tem que ter o autorrespeito também, porque nos jogamos no Corinthians que é uma grande equipe”, finalizou o ídolo corinthiano.

O confronto entre as equipes ainda não tem data definida pela Conmebol. Os jogos de ida são esperados para algo próximo do dia 29 de junho, enquanto os de volta para o dia 6 de julho. O que já se sabe é que o Corinthians faz o primeiro jogo em casa, na Neo Química Arena, e decide a vaga para as quartas na Bombonera, em Buenos Aires.

Os dois times já se enfrentaram na atual edição da Libertadores durante a fase de grupos. O Corinthians venceu o Boca Juniors no primeiro encontro, em Itaquera, por 2 a 0, e depois empatou em 1 a 1, na Argentina.

Notícias relacionadas

Notícias relacionadas Cássio analisa momento atual do Corinthians e garante 'vontade e dedicação' em campo Cássio esclarece declaração sobre críticas dos torcedores após empate do Corinthians Cássio é eleito o melhor do Corinthians no empate com o América-MG; volante é o pior

Veja mais em: Cássio, Libertadores da América e Corinthians x Boca Juniors.