Técnico do Corinthians fala sobre reforços e lamenta falta de punição por entradas em Willian

A má atuação do Corinthians no empate por 1 a 1 contra o América-MG, neste domingo, pelo Brasileirão, não foi o único ponto lamentado pelo técnico Vítor Pereira. Em entrevista coletiva após a partida, o treinador comentou um possível problema com Willian.

Ao falar sobre a montagem do elenco corinthiano, Vítor Pereira falou sobre os jogadores que atualmente estão lesionados. Jô, Paulinho e João Victor são três dos exemplos, mas o técnico não esqueceu o meia Willian, que neste domingo foi fortemente marcado em campo e saiu aos 40 minutos do primeiro tempo após sentir dores.

"Quando aceitei o convite, aceitei o elenco do Corinthians. Sabia quem eram e aceitei o desafio. Não é um elenco perfeito, é um elenco que, quando temos três ou quatro lesionados, como Paulinho, Jô, João Victor, Willian agora… Hoje, e já disse uma vez, esses jogadores acrescentam algo ao jogo e, se certas entradas não forem punidas, eles ficarão de fora. O Willian é sempre castigado", comentou o treinador em coletiva.

O camisa 10, vale lembrar, sofreu a primeira falta aos 12 minutos, mas tentou seguir em campo. O autor da primeira falta, Gustavinho, foi o único advertido nas entradas. O atleta recebeu um cartão amarelo.

Questionado sobre possíveis retornos de empréstimos, Vítor Pereira evitou detalhar o caso de cada atleta, mas afirmou que todas as possibilidades serão analisadas. Como noticiado pelo Meu Timão, Mateus Vital, Ramiro e Bruno Méndez são os jogadores com maiores chances de serem utilizados pelo português.

"O que quero dizer, sabemos que o elenco, em determinadas condições, temos que olhar a realidade do clube. Daqui um tempo, tentar pontualmente reforçar algumas posições, se for possível. Se não for, temos que recuperar os lesionados, jogar com os mais jovens e dar o melhor possível. Temos que olhar todas as possibilidades, inclusive de quem volta de empréstimo", afirmou.

O técnico também foi questionado sobre o futuro da equipe no Brasileirão. Com o empate deste domingo somado aos resultados de Palmeiras e Atlético-MG, o Corinthians agora é o terceiro colocado na tabela. O Timão tem os mesmos 15 pontos dos dois adversários, mas fica atrás pelo saldo de gols.

"Eu vejo que temos que melhorar sempre. Se continuarmos unidos, trabalhando, se não perdemos a confiança, que é fundamental, vamos evoluir. Esse crescimento vai começar a não ser tão doído, vão ganhar maturidade. Agora, não consigo fazer previsões se será daqui a oito rodadas. Não dá para saber onde estarei, não consigo adivinhar o futuro porque não tenho bola de cristal, mas acredito no trabalho e que ele nos levará a coisas boas", encerrou Vítor Pereira.

Notícias relacionadas

Notícias relacionadas Vítor Pereira admite dificuldades do Corinthians e 'comemora' semana cheia para treinos Gustavo Silva celebra gol de empate do Corinthians e projeta próximo compromisso da equipe Organizadas do Corinthians cobram elenco na Neo Química Arena após empate pelo Brasileirão

Veja mais em: Willian, Vítor Pereira, Corinthians x América-MG, Campeonato Brasileiro, Neo Química Arena e Arbitragem.