Vítor Pereira admite dificuldades do Corinthians e ‘comemora’ semana cheia para treinos

O Corinthians ficou apenas no empate contra o América-MG, por 1 a 1, neste domingo, pelo Brasileirão. Na Neo Química Arena, Gustavo Mosquito foi o responsável por evitar a derrota corinthiana, mas o técnico Vítor Pereira reconheceu a má atuação da equipe.

"O jogo não foi bem construído da nossa parte. Reforço o espírito de equipe na parte final do jogo. A união e vontade que fez possível conseguir chegar ao empate, portanto, enalteço isso. Não foi falta de entrega, foi dificuldade na dinâmica do jogo. Precisávamos estar frescos para conseguir três pontos, e não foi possível", disse Vítor Pereira em entrevista coletiva após a partida.

"É uma sequência dura de jogos. Já são vários jogos de três em três dias, jogos difíceis, complicados. Já disse antes que esse campeonato não é fácil. As equipes e jogadores têm qualidade, jogam de formas diferentes. Hoje enfrentamos uma equipe que exigia uma dinâmica mais forte, que exigia explorar os espaços, e uma dinâmica que não conseguimos encontrar", completou o treinador.

A equipe corinthiana sofreu com a marcação bem encaixada do América-MG e não soube aproveitar os espaços cedidos pela equipe de Minas Gerais. Para Vítor Pereira, a dinâmica apresentada pelos mineiros deve ser repetida por outras equipes ao longo do campeonato. Portanto, é fundamental buscar soluções para os erros cometidos nesta noite.

"Fundamentalmente, uma marcação muito individual. Em termos de perceber os espaços, trocas posicionais, temos jogadores que poderiam dar resposta contra esse tipo de adversário, mas tivemos dificuldades. Temos que nos preparar porque há muitas equipes no Brasil com esse tipo de dinâmica, do ponto de vista defensivo, e temos que encontrar formas de contrariar esse tipo de adversário. Hoje tivemos dificuldades, as substituições foram no sentido de colocar em campo jogadores com mais facilidade nos duelos individuais. Estavam altos, em termos de pressão, e estávamos atraindo a pressão deles, e esse foi um grande problema", afirmou.

"Não encontramos o espaço entre linhas e a profundidade, mas isso vamos analisar e vamos procurar, quando tivermos um adversário assim, fazer diferente. Na próxima oportunidade, teremos que recriar com outra equipe. Nosso jogo não é tão individual, mas vou ter que recriar. Em Portugal, por exemplo, isso não existe. Eu não lembro de nenhuma equipe que tem essa forma de jogar, até por isso é um desafio. E precisamos encontrar soluções para esse tipo de adversário", concluiu.

Agora, o Corinthians terá uma semana cheia para treinos antes do próximo compromisso. O Timão não tem jogos no meio da semana e só volta a campo no próximo sábado, às 20h30, contra o Atlético-GO, fora de casa, também pelo Brasileirão.

"Essa semana será de análise, de tudo o que tivemos; recuperar e trabalhar o que tiver. Recuperar jogadores importantes que estão fora e a dinâmica ofensiva e defensiva", pontuou Vítor Pereira.

Notícias relacionadas

Notícias relacionadas Gustavo Silva celebra gol de empate do Corinthians e projeta próximo compromisso da equipe Corinthians cai para terceiro no Brasileirão após empate com o América-MG; veja tabela e jogos Organizadas do Corinthians cobram elenco na Neo Química Arena após empate pelo Brasileirão

Veja mais em: Vítor Pereira, Elenco do Corinthians, Corinthians x América-MG, Neo Química Arena e Campeonato Brasileiro.