Vítor Pereira comenta sequência de empates do Corinthians e projeta semana cheia para treinos

O Corinthians empatou em 1 a 1 o duelo contra o América Mineiro, neste domingo, pelo Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Timão chegou ao quinto empate consecutivo na temporada.

Nos últimos cinco jogos, o Corinthians empatou com Internacional, Boca Juniors, São Paulo, Always Ready e América-MG – três confrontos pelo Brasileiro e dois pela Libertadores. Essa marca não era atingida pelo clube há mais de nove anos. Apesar da perda de pontos, Vítor Pereira afirmou que não é possível colocar todos os empates num mesmo parâmetro.

"Os empates fora também são negativos? O empate contra o Boca não foi negativo, em termos de resultado. O do Internacional também não, apenas se o Corinthians for obrigado a ganhar todos os jogos, o que não é humanamente possível neste campeonato. Temos um bom elenco, unido, uma família mesmo. Temos tentado dar resposta à sequência de jogos", abriu o treinador em coletiva neste domingo.

"Naturalmente, o empate em casa com o Always Ready foi negativo, admito claramente. Criamos 13 chances de gol, por exemplo (na quinta-feira). Tivemos oportunidades para vencer o jogo, mas não aconteceu. A dinâmica ofensiva funcionou, mas não finalizamos com qualidade. O jogo do Inter é um jogo difícil, mas foi fora e cada ponto fora, neste campeonato, conta. Depois pegamos um São Paulo, que é um time do nosso nível, que vai bater conosco, fizeram um bom primeiro tempo", seguiu analisando o técnico corinthiano.

Vítor Pereira ainda voltou a falar sobre a necessidade da alternância de sistemas táticos para disputar o campeonato. O técnico ainda pontuou que, em algumas situações, o sistema precisou ser alterado em razão de jogadores lesionados, como no caso da lateral direita com a lesão de Fagner.

"Quero dizer que, com essa sequência de jogos, não temos soluções em quantidade e qualidade que nos permita ganhar todos os jogos. Hoje precisávamos estar com uma dinâmica mais fresca, mas essa é a grande dificuldade deste campeonato. Já falei, há dois dias, a alternância de sistema nos tirou algumas coisas positivas, mas foi para ter resposta nas necessidades que tínhamos. Isso retirou um pouco de qualidade, não tenho problema em admitir e já expliquei isso", avaliou Vítor Pereira.

Agora, o treinador terá uma semana cheia para treinar a equipe alvinegra. Sem compromissos no meio desta semana, Vítor Pereira terá os cinco dias completos para preparar a equipe para enfrentar o Atlético-GO, no sábado, às 20h30. O técnico já sabe o que fará neste período.

"Agora é aproveitar essa semana cheia de trabalho, que é uma coisa que não é comum, mas aproveitaremos para recuperar jogadores importantes e que estão lesionados. E vamos melhorar a dinâmica para tentar voltar a ganhar jogos outra vez", explicou.

"O que vamos fazer essa semana é: recuperar jogadores importantes, que estão lesionados. Vamos recuperar da sequência dura de jogos que tivemos e vamos melhorar a dinâmica em termos defensivos e ofensivos. Esse é o nosso trabalho. Recuperar psicologicamente. A equipe está entre os primeiros no campeonato, classificou na Libertadores, mas temos que estar conscientes das nossas qualidades e dos nossos limites. Vamos tentar recuperar nossas energias e iremos à luta no próximo jogo. Futebol é isso, não se pode ganhar sempre. Vamos tentar dar uma resposta de melhor qualidade no próximo jogo", encerrou Pereira.

Notícias relacionadas

Notícias relacionadas Cássio é eleito o melhor do Corinthians no empate com o América-MG; volante é o pior Técnico do Corinthians lamenta falta de punição por entradas em Willian e fala sobre reforços Vítor Pereira admite dificuldades do Corinthians e 'comemora' semana cheia para treinos

Veja mais em: Corinthians x América-MG, Treino do Corinthians, Campeonato Brasileiro, Elenco do Corinthians e Vítor Pereira.