Corinthians fechou campanha de feito único no futebol brasileiro há 69 anos

Há exatos 69 anos, o Corinthians fez a sua última partida pelo Torneio Rio-São Paulo de 1953, uma derrota por 1 a 0 para o Vasco da Gama. Mais um dos vários títulos conquistados pela equipe nos anos 50, aquele campeonato representa um feito único na história do futebol brasileiro.

Apesar de a última partida ter sido em um dia 31, a taça veio mesmo no começo de junho, quando o Vasco perdeu para o Santos e não pôde mais alcançar o Timão. A participação alvinegra, porém, foi encerrada naquela altura.

Com a taça, o Timão abriu o caminho para se tornar o único a vencer a principal competição regional por dois anos consecutivos sem divisão da taça. Nenhum outro clube foi capaz de obter o feito nem mesmo nas sequências do campeonato, entre os anos 90 e 2000.

O Santos de Pelé foi quem chegou mais perto, mas não conseguiu vencer a competição em 1964 unicamente. Depois de perder o primeiro jogo para o Botafogo por 3 a 2, o time da Vila não realizou o desempate e a organização considerou ambos campeões daquela edição.

O feito corinthiano é prestigioso porque, principalmente na época do bi, todos os principais atletas brasileiros do mundo jogavam no eixo Rio-SP. Para se ter uma ideia, 65 dos 67 jogadores convocados para as Copas de 1950, 1954 E 1958 atuavam nessa região.

Ou seja, o Corinthians superou grandes adversários em um dos campeonatos mais fortes do mundo. Vale lembrar que foi na década de 50 que o Brasil fez uma final (1950) e venceu outra (1958) na Copa. Campeão dos campeões.

Notícias relacionadas

Notícias relacionadas Jovens do Corinthians produziram 40% dos gols na era Vítor Pereira; veja lista Jô assegura permanência de Willian no Corinthians e sai em defesa de Róger Guedes Corinthians tem queda drástica de desempenho sem Fagner; veja comparativo

Veja mais em: Títulos do Corinthians e Retrospecto do Corinthians.