Corinthians se solidariza com Willian e apoia decisão do meia de denunciar novas ameaças

O Corinthians usou suas redes sociais na tarde desta quarta-feira para falar mais uma vez de um assunto importante. Desta vez, o clube se solidarizou com o meia Willian após as novas ameaças sofridas e apoiou a decisão do atleta de fazer outra denúncia.

Nesta quarta, Willian foi até a sede do Departamento de Operações Policiais Estratégicas (DOPE) prestar queixa sobre as ameaças sofridas por ele e sua família na última terça-feira. O corinthiano registrou um boletim de ocorrência.

Diante da situação, o Corinthians usou seu Twitter para repudiar as ameaças feitas e demonstrar seu apoio ao atleta. O clube também relembrou a campanha #FutebolSemÓdio.

"O Sport Club Corinthians Paulista repudia as novas ameaças sofridas pelo meia Willian e familiares. O clube apoia o atleta na decisão de formalizar a denúncia, identificar e punir os responsáveis e reforça a necessidade da luta por um #FutebolSemÓdio", escreveu o Timão em suas redes sociais – veja o post abaixo.

Detalhes das ameaças não foram divulgados, mas, após o jogo contra o América-MG, no último domingo, a esposa do atleta, Vanessa Martins, expôs alguns comentários e ofensas nas redes sociais. Vanessa também falou serem essas situações que a fazem considerar retornar ao exterior.

Assim, a repercussão de toda a situação gerou boatos sobre uma possível saída de Willian do Corinthians. A reportagem do Meu Timão ouviu estafe e pai do jogador, que negaram a veracidade os rumores.

Esta é a segunda vez que Willian tem que recorrer à polícia para se proteger de ameaças virtuais. Isso porque, depois do jogo contra o Always Ready, da Bolívia, na estreia da Libertadores, o meia foi um dos alvos de ofensas proferidas pela torcida e também registrou um boletim de ocorrências.

Confira a publicação do Corinthians

O Sport Club Corinthians Paulista repudia as novas ameaças sofridas pelo meia Willian e familiares. O clube apoia o atleta na decisão de formalizar a denúncia, identificar e punir os responsáveis e reforça a necessidade da luta por um #FutebolSemÓdio. pic.twitter.com/FZZke3JmIc

— Corinthians (@Corinthians) June 1, 2022

Notícias relacionadas

Notícias relacionadas Meia do Corinthians volta a registrar queixa na Polícia Civil por ameaças contra sua família Jô assegura permanência de Willian no Corinthians e sai em defesa de Róger Guedes

Veja mais em: Willian, Torcida do Corinthians e Violência no futebol.