Boca Juniors-ARG (5) 0 x 0 (6) Corinthians – Cássio brilha e Timão está nas quartas


Boca Juniors-ARG (5) 0 x 0 (6) Corinthians – Cássio brilha e Timão está nas quartas

Cássio pega a oitava cobrança e Corinthians vence o Boca Juniors nos pênaltis por 6 a 5

Categorias: Grandes clubes de São Paulo

Por: Agência Futebol Interior, 06/07/2022

Cássio pega a oitava cobrança e Corinthians classifica para às quartas (Foto:Divulgação/Conmebol)

Buenos Aires, ARG, 05 (AFI) – Nos pênaltis, Cássio pega a oitava cobrança e Gil coloca o Corinthians nas quartas de final da Libertadores. Na La Bombonera, o Corinthians suportou por 90 minutos a pressão do Boca Juniors-ARG, e a partida de volta das oitavas acabou empatada em 0 a 0 na noite desta terça-feira. Nas penalidades, o time brasileiro avançou vencendo os argentinos por 6 a 5.

O Timão não jogou bem, não teve um chute à gol, mas contou com a estrela do seu ídolo Cássio, o goleiro alvinegro pegou a cobrança decisiva de Ramirez e coube a Gil, com um pouco de sorte, colocar o Corinthians nas quartas.

Agora o Corinthians pega o vencedor de Flamengo e Tolima-COL, que jogam nesta quarta-feira, no Maracanã. O time brasileiro está com a vantagem após vencer o Tolima, na Colômbia

PRESSÃO DO BOCA

O jogo era tudo ou nada na La Bombonera, e o caldeirão argentino começou quente. Com muita disputa e pouco futebol, os erros de passes eram dominante, tanto pelo lado do Boca, quanto pelo lado do Corinthians. Jogando em casa, o  Boca tomou as rédeas da partida e teve as melhores chances. Enquanto o Corinthians pouco ficava com a bola e se virava como podia para sair da pressão argentina.

Dario Benedetto, algoz do trio de ferro paulista, perdeu as duas melhores chances da primeira etapa. Primeiro, após cruzamento de Zeballos, o atacante sem marcação pegou de primeira e mandou na arquibancada. A segunda, repetindo Roger Guedes no jogo de ida, o argentino perdeu um pênalti. Após consultar o VAR, o juiz uruguaio assinalou marcou a uma falta de Raul Gustavo em cima de Pol Fernández. O zagueiro acertou uma cotovelada no rosto do adversário. Na cobrança, Benedetto carimbou a trave de Cássio.

O penal perdido não alterou o panorama da partida, os argentinos continuaram dominantes na partida, enquanto o time brasileiro não ultrapassava a linha do meio campo. Ainda antes do intervalo, o Corinthians perdeu o zagueiro João Vitor, após entrada de Oscar Romero, o zagueiro sentiu a lesão no tornozelo e saiu para a entrada de Gil.

MAIS PRESSÃO

Na segunda etapa o jogo ficou no mesmo ritmo do primeiro. O Corinthians quase não tinha a posse da bola, enquanto o Boca fazia uma falsa pressão. Apesar de ter a posse de bola, o time argentino rondava a área brasileira, mas pouco incomodava o gol de Cássio.

Na reta final, o Corinthians conseguiu ter o controle da bola e conseguiu ficar um pouco no campo de ataque, mas não conseguiu nenhuma finalização. E a partida foi para os pênaltis.

SÃO CÁSSIO

Nos pênaltis, Rojo, Izquierdoz E Pol Fernandez  anotaram para o Boca, Villa, Benedetto, de forma bizarra perderam suas cobranças. Pelo lado do Corinthians, Fábio Santos, Cantillo e Roger Guedes marcaram. Raul Gustavo e Bruno Melo pararam nas mãos do goleiro argentino.

Nas alternadas, Roni e Píton foram às redes, junto com Oscar Romero e Varela. E na oitava cobrança, brilhou a estrela de Cássio, o goleiro pegou a cobrança de Ramirez e Gil contou com a sorte para colocar o Corinthians nas quartas de final da Libertadores.

PRÓXIMO JOGO

O Corinthians agora vira a chave para o Brasileirão, no domingo (10), o time encara o Flamengo, às 16h00. na Arena Neo Química, em Itaquera-SP.

FICHA TÉCNICA

Boca Juniors (ARG) 0 0 Corinthians Fase: Oitavas de Final Rodada: 2ª rodada Data: 05/07/2022 Hora: 9:30 pm Arbitro: Andrés Matonte (URU) Assistentes: Nicolás Taran (URU0 e Martín Soppi (URU) Estádio: La Bombonera Endereço: Buenos Aires, ARG Cartões Amarelos: Boca Juniors: Varela Corinthians: Raul Gustavo Boca Juniors (ARG)

Rossi; Advíncula, Izquierdoz, Rojo e Fabra; Varela, Pol Fernández e Óscar Romero; Zeballos, Villa e Benedetto

Técnico: Sebastián Battaglia Corinthians

Cássio; Rafael Ramos, João Victor (Gil), Raul Gustavo e Fábio Santos; Du Queiroz, Cantillo, Gustavo Mantuan (Giovane), Giuliano e Lucas Piton; Róger Guedes

Técnico: Vítor Pereira