Diego Costa culpa patrocinadora do Corinthians por não ter fechado com o clube

Diego Costa, que está livre no mercado, culpou a patrocinadora do Corinthians, Taunsa, por não ter jogado no clube alvinegro nesse ano. Em entrevista para Thiago Asmar, do canal do Pilhado, o atacante afirmou que o os dirigentes do Timão tomaram um calote da empresa.

"O Corinthians tomou calote do cara (CEO da Taunsa) e me deu um calote. Eu conversei com o pessoal lá. Conversei com o presidente, tinha uma proposta na mesa e falei: 'deixa eu pensar', e dois/três dias depois não tinha mais a proposta. Depois eles tomaram calote da empresa lá (Taunsa). Vieram com uma desculpa de um negócio assim. E eu falei: 'tá tudo em paz, vocês são diferenciados'.", disse o jogador de 33 anos.

No começo do ano, o Timão estava a procura de um centroavante. O nome de Diego Costa foi o mais próximo de se concretizar. O atacante e o clube negociaram até mais de uma vez. Após a primeira negociação não ter chegado em um acordo, o atleta manifestou interesse de voltar a negociar com o clube. Mesmo assim, as partes não chegaram a um acordo.

Atualmente, o Corinthians vive um momento de conflito com sua patrocinadora Taunsa. O primeiro problema veio quando foi noticiado que houve atraso no repasse dos valores esperados para o pagamento do volante Paulinho pela empresa. Com o atraso, o Timão arcou com o pagamento através dos seus próprios recursos.

Em resposta ao atraso, o clube alvinegro suspendeu sua parceria com a empresa, até a normalização dos pagamentos. Até o final de abril, o Corinthians não confirmou o recebimento do valor. No último mês de maio, o diretor financeiro do clube falou sobre a dívida e não descartou levar o caso para a Justiça.

Notícias relacionadas

Notícias relacionadas Ex-goleiro do Corinthians é chamado por Tite para treinar com a Seleção Brasileira

Veja mais em: Patrocinador do Corinthians.