Corinthians celebra aniversário de estreia de Emerson Sheik pelo clube; relembre

Um dos nomes mais importantes nas conquistas do Corinthians da década passada estreou há exatos 11 anos pelo clube. Emerson Sheik, autor dos dois gols do título da Copa Libertadores da América, em 2012, realizou no dia 5 de junho de 2011 o seu primeiro embate como atleta corinthiano.

O duelo em questão foi o empate por 1 a 1 com o Flamengo, no Rio de Janeiro, com Sheik entrando na etapa final, na vaga de Jorge Henrique. O time que iniciou a partida teve Julio Cesar; Weldinho, Chicão, Leandro Castán e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Danilo, Jorge Henrique e Willian, com Liédson no comando do ataque.

O Timão abriu o placar logo aos 19 minutos, com um gol de Willian, e sofreu o empate aos 40, com Renato Abreu. Sheik até tentou, mas não conseguiu fazer o clube sair com a vitória – aquele foi o único empate alvinegro na arrancada inicial do Brasileiro.

Sheik teve três passagens pelo Timão. Na primeira delas, a mais marcante, foi um dos principais nomes da conquista do título da Conmebol Libertadores em 2012, marcando três gols em quatro jogos, um contra o Santos na semifinal, e dois no jogo de volta da final contra o Boca Juniors, no Pacaembu.

Na segunda passagem, em 2015, voltou para fazer parte do bom primeiro semestre da equipe, encurtado pela eliminação precoce na Copa Libertadores. Por ter atuado nas rodadas iniciais do Brasileiro, no entanto, tem o título daquele Brasileiro no currículo.

Aos 39 anos, Sheik fez parte da equipe que conquistou o Campeonato Paulista de 2018, sendo inclusive titular na final da Copa do Brasil, meses depois. Aposentou-se do futebol profissional com 196 jogos, 28 gols e 23 assistências com a camisa corinthiana.

Notícias relacionadas

Notícias relacionadas Corinthians relembra conquista do 22º Paulistão vez há 25 anos; veja publicação Corinthians se reapresenta com retorno de zagueiro e começa preparação para enfrentar o Cuiabá Corinthians atualiza quadro de lesionados e confirma retorno de zagueiro; veja detalhes

Veja mais em: Emerson Sheik e História do Corinthians.