Corinthians sofre gol no fim e perde para o Athletico Paranaense em estreia pelo Brasileirão Sub-20

O Corinthians realizou sua estreia pelo Campeonato Brasileiro Sub-20 neste domingo. No Parque São Jorge, o Timãozinho recebeu o Athletico e perdeu por 1 a 0. O gol da equipe visitante foi marcado pelo atacante Emersonn.

A derrota ainda veio com contornos de crueldade. Em um jogo disputado por todos os 90 minutos, a equipe do Paraná só veio a marcar aos 41 minutos do segundo tempo, após descuido da defesa corinthiana.

O revés foi o segundo da categoria Sub-20 na atual temporada. No Paulistão, até o momento, a campanha de cinco jogos tem três vitórias, um empate e uma derrota.

Anota aí, Fiel! O Timãozinho volta a campo na próxima quarta-feira, pelo Campeonato Paulista da categoria. A partida será contra o São Caetano, na Fazendinha, às 15h.

O jogo

Escalação

O técnico Danilo contou com uma série de obstáculos para definir sua equipe titular. O ex-meia não teve à disposição o atacante Pedro, machucado, o zagueiro Robert Renan e o goleiro Kauê, convocados à Seleção Sub-20, e o trio Wesley, Matheus Araújo e Felipe Augusto, integrados ao profissional.

Assim, o time que iniciou a partida teve Wesley Borges, Léo Mana, João Pedro, Murillo e Vitor Meer; Zé Vitor, Pedrinho, Biro e Kayke; Giovane e Arthur Sousa.

Meu Timão

O Athletico, por sua vez, começou o jogo com Gabriel Pereira, Ataíde, João Vialle, Dourado e Vinicius Kaue; Biro, Marcos Vinicius e João Pedro; John Mercado, Emersonn e Renan Viana.

Primeiro tempo

O começo de jogo foi de muita disputa entre ambas as equipes. Tanto Corinthians como Athletico buscaram eliminar o meio de campo adversário com muita marcação. Logo aos cinco minutos, Pedrinho arrancou em velocidade e cruzou rasteiro para Guilherme Biro. O camisa 10 do Timão, na hora de finalizar, foi travado pela defesa adversária.

O Athletico, passado o susto inicial, logo respondeu. Emersonn fez boa tabela com Vinícius Kauê e infiltrou a área em velocidade. O atacante da equipe paranaense cruzou rasteiro para Renan Viana, que só precisaria encostar na bola para abrir o placar. No lance, Murillo travou o atacante com perfeição e evitou o gol.

Artilheiro do Corinthians Sub-20 na última temporada, Giovane não demorou para dar as caras no jogo. Pouco depois do susto tomado na defesa, o camisa 11 resolveu arriscar de fora da área e levou perigo ao goleiro Gabriel Pereira, que fez a defesa.

O jogo seguiu com chances equilibradas para os dois lados. O Athletico chegou a dar outro susto em bela arrancada de John Mercado, mas João Pedro foi bem no lance para interceptar

Logo, o Corinthians voltou a criar chances com seu lado mais técnico, pela direita. Giovane arrancou em velocidade e cruzou rasteiro para Kayke, que finalizou para fora, sem levar perigo.

Se por um lado a ala direita do Corinthians era a mais criativa ofensivamente, o setor era a principal mina ofensiva do Athletico. A equipe paranaense quase chegou ao gol em duas oportunidades consecutivas, com João Pedro e Emersonn, que pegaram mal na bola.

A chance mais clara do Corinthians veio aos 37 minutos. Após contra-ataque em velocidade, Giovane deixou Arthur Sousa na cara do gol. O camisa 9 do Corinthians finalizou forte, mas parou em milagre do goleiro Gabriel Pereira, que segurou o zero no placar.

A atuação inspirada dos goleiros também contou para o lado corinthiano. Wesley Borges fez defesa espetacular em lance mano a mano com o atacante Renan Viana. Após espalmar, ainda travou o rebote, que chegaria ao atacante Emersonn. Assim, sem grandes outros momentos, o placar parcial ficou em 0 a 0.

Segundo tempo

Para a etapa complementar, Danilo optou pela entrada de Thomas Argentino no lugar do meia Pedrinho. Com isso, a equipe passou a atuar com dois volantes de marcação. Apesar do ganho no sistema defensivo, a alteração deu maior liberdade no ataque para Guilherme Biro, que parecia mais participativo.

Assim como na primeira etapa, os minutos iniciais foram de muita disputa pelo domínio do meio de campo. A individualidade de Guilherme Biro e Kayke, inclusive, provocou duas faltas consecutivas do zagueiro João Viale, já amarelado. A árbitra porém, não aplicou o segundo amarelo, muito cobrado pelos corinthianos presentes na Fazendinha.

Foi justamente em um lance de disputa no meio de campo que o Corinthians criou sua melhor chance do início do segundo tempo. Giovane venceu duelo físico na ponta e disparou em velocidade. Após a corrida, ele cruzou rasteiro para Biro, que foi travado na hora do chute.

O grito de gol entalado na torcida do Corinthians quase saiu aos 18 minutos. Guilherme Biro sofreu falta na entrada da área e deixou a cobrança para Léo Mana. O lateral do Corinthians cobrou colocado, e tirou tinta do travessão.

Com mais liberdade, Biro se tornou o grande centro da ofensividade do Corinthians. Em bela tabela com Léo Mana, ele infiltrou a área, limpou o marcador e bateu com força. A bola foi desviada e quase encobriu o goleiro Gabriel Pereira.

Aos 23, foi a vez de Arthur Sousa levar perigo. O atacante do Corinthians se projetou em velocidade e recebeu pelo passe de Kayke. Na sequência, trouxe para o pé direito e chutou com força, mas foi parado pelo goleiro do Athletico Paranaense.

Com o cansaço natural tomando conta da equipe do Corinthians, Danilo promoveu mais duas trocas. O meia Breno Bidon e o atacante Juninho, ambos pertencentes ao Sub-17, substituíram Biro e Giovane. A quarta troca foi a entrada de Abimael no lugar de Vitor Meer.

Apesar de ser melhor no segundo tempo, com as trocas, o desentrosamento passou a tomar conta da equipe treinada por Danilo. Com isso, o Athletico passou a se soltar no jogo, e quase chegou ao gol em lance de contra-ataque, nos minutos finais.

E foi justamente nos minutos finais que o Corinthians se complicou no jogo. Após bola perdida no meio de campo, Emersonn atacou em velocidade, cortou para o pé direito e marcou para o Athletico, aos 41 minutos do segundo tempo.

Partindo para o ataque a qualquer custo, Léo Mana ainda cobrou falta com categoria, no ângulo. O goleiro adversário, porém, fez milagre e segurou o zero no placar. Placar final ficou em 1 a 0 para o Athletico.

Ficha técnica de Corinthians 0 x 1 Athletico-PR

Competição: Campeonato Brasileiro Sub-20Local: Estádio Alfredo Schürig, São Paulo, SPData: 05 de junho de 2022 (domingo)Hor&aacuterio: 16h00 (de Brasília)Árbitro: Fernanda S. Ignacio de SouzaAssistentes: Izabele de Oliveira e Vladimir Nunes da Silva. Gol: Emersonn (Athletico-PR) Cartões amarelos: João Pedro e Murillo (Corinthians); João Vialle (Athletico-PR)

CORINTHIANS: Wesley Borges; Léo Mana, João Pedro, Murillo e Zé Vitor (Cauan da Mata); Vitor Meer (Abimael), Kayke Ferrari (Riquelme) e Pedrinho (Thomas Argentino); Arthur Sousa, Guilherme Biro (Breno Bidon) e Giovane (Juninho).Técnico: Danilo

ATHLETICO-PR: Gabriel Pereira; Ataíde (João Victor), João Vialle, Dourado e Biro (Charlys); Vinicius Kaue, John Mercado, Marcos Vinicius (Danielzinho) e Renan Viana; João Pedro (Vitor) e Emersonn.Técnico: Pablo Fernandez

Veja mais em: Base do Corinthians e Corinthians Sub-20.