Edenilson presta depoimento no STJD e mantém acusação de injúria racial contra Rafael Ramos

Quase uma semana após Rafael Ramos prestar depoimento ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), foi a vez de Edenilson conversar com o órgão para dar sua versão dos fatos. O volante do Internacional manteve a acusação contra o lateral do Corinthians. A informação é do UOL Esporte.

De acordo com Edenilson, aos 30 minutos do segundo tempo do jogo entre Internacional e Corinthians, que acabou em 2 a 2, pelo Brasileirão, Rafael Ramos o chamou de "macaco" dentro de campo. A partida aconteceu no último dia 14 de maio.

O jogador não conversou com ninguém no local. Segundo o Internacional, nem o clube e nem Edenilson irão se pronunciar enquanto o caso não for concluído. A investigação também corre em âmbito criminal, pela Polícia Civil de Porto Alegre.

No STJD, o inquérito é conduzido pelo auditor Paulo Feuz. De acordo com o Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), um ato discriminatório, previsto no artigo 243-G, pode ter pena de cinco a dez partidas e multa até R$ 100 mil.

No dia da acusação, Rafael Ramos chegou a ser preso em flagrante e pagou fiança de R$ 10 mil. Após a liberação, o corinthiano negou que tenha chamado Edenilson de "macaco" e disse que houve um mal-entendido entre as partes. Segundo o português, um palavrão foi dito, mas em razão de seu sotaque, o brasileiro pode ter entendido errado. Nas redes sociais, o volante do Internacional disse "saber o que ouviu".

No último dia 20 de maio, quase uma semana após o ocorrido, uma perícia contratada por Rafael Ramos confirmou que o jogador não utilizou o termo "macaco" direcionado ao adversário. De acordo com os profissionais, o atleta disse "Pô, caral**". Já na última sexta-feira, uma segunda perícia, contratada pelo Corinthians, emitiu um laudo que concorda com o primeiro de que o jogador não proferiu a palavra "macaco".

Rafael Ramos chegou ao Corinthians no dia 12 de abril de 2022, após ser indicado pelo técnico Vítor Pereira. O lateral tem contrato com a equipe do Parque São Jorge até junho de 2024. Até o momento, são sete jogos com a camisa alvinegra.

Notícias relacionadas

Notícias relacionadas João Victor espera proposta de clube português e pode deixar o Corinthians em julho

Veja mais em: Rafael Ramos e Corinthians x Internacional.