Corinthians revive dupla Renato-Giuliano pela primeira vez em meio a rodízio

O Corinthians reviveu uma dupla ainda inédita com Vítor Pereira no último sábado, na vitória por 1 a 0 sobre o Atlético-GO, fora de casa, pela nona rodada do Brasileiro. Depois de quatro meses, Renato Augusto e Giuliano voltaram a ser escalados como os dois meio-campistas centrais da equipe.

Os dois não faziam essa função desde o último jogo do técnico Sylvinho no comando da equipe, a derrota por 2 a 1 para o Santos, na Neo Química Arena, pelo Campeonato Paulista. Eles chegaram a ser titulares tanto com Fernando Lázaro quanto com Vítor Pereira, mas sempre com Giuliano atuando aberto na meia pelo lado direito.

A primeira vez em que ambos foram utilizados lado a lado no meio-campo como titulares se deu no dia 7 de setembro do ano passado, no empate por 1 a 1 com o Juventude, na Neo Química Arena, pela última rodada do primeiro turno do Brasileiro. Vale lembrar que foi o anúncio de ambos que "virou a chave" de um Timão em baixa.

Como Giuliano havia chegado em boas condições físicas enquanto Renato não havia atuado naquele ano, o primeiro começou os duelos anteriores e viu o segundo entrar aos poucos na equipe. A partir dali, no entanto, criou-se a dupla que sustentou a campanha no Brasileiro de 2021 – foram 17 jogos com eles desde então.

Na avaliação do comandante, no entanto, o Timão sente falta de um meio-campo mais combativo para fazer fluir o jogo dos atletas da frente. Com Du Queiroz e Maycon, suspenso no sábado, ele diz ter "dois que valem por três no meio".

Depois de testes com Roni e Cantillo, no entanto, Pereira agora parece ter voltado os olhos à possibilidade de, ao menos em algumas oportunidades, voltar a ter Renato e Giuliano no meio. A expectativa agora fica para saber qual será a opção na partida contra o Cuiabá, na terça-feira, na Arena Pantanal, pela décima rodada do Brasileiro.

Veja mais em: Renato Augusto, Giuliano e Vítor Pereira.