Vitor Pereira projeta Corinthians no ataque contra Flamengo na Libertadores


Vitor Pereira projeta Corinthians no ataque contra Flamengo na Libertadores

O treinador projeta confrontos completamente diferentes daqueles disputados contra o Boca Juniors

O técnico Vitor Pereira afirma que o Corinthians “vai procurar fazer o seu jogo” diante do Flamengo na terça-feira, no duelo de ida das quartas de final da Libertadores

Categorias: Futebol Brasil

Por: Agência Estado, 31/07/2022

Vítor Pereira quer Corinthians para cima (FELIPE SZPAK/AGÊNCIA CORINTHIANS)

Campinas, SP, 31 – O técnico Vitor Pereira afirma que o Corinthians “vai procurar fazer o seu jogo” diante do Flamengo na terça-feira, no duelo de ida das quartas de final da Libertadores. Isso significa que o time vai procurar a vitória e evitar uma postura reativa, buscando a defesa e, em seguida, o contra-ataque.

“Para enfrentar o Flamengo, precisamos estar no melhor nível. Não seremos especulativos. Vamos fazer o nosso jogo”, afirmou o treinador em entrevista coletiva na Neo Química Arena após o triunfo sobre o Botafogo por 1 a 0, neste sábado, pelo Campeonato Brasileiro.

Corinthians não deixou o Botafogo jogar (Foto: Divulgação/Botafogo)

CORINTHIANS PARA A DECISÃO

O treinador projeta confrontos completamente diferentes daqueles disputados contra o Boca Juniors. “O Flamengo é uma equipe com qualidade individual e coletiva, mas com uma dinâmica completamente diferente do Boca Juniors. Serão jogos diferentes.”

A partida deste sábado deu algumas pistas sobre a escalação que o treinador português deverá utilizar na terça-feira. Elas estão em praticamente todos os setores. Na defesa, a zaga (Bruno Méndez e Balbuena) deve ser mantida, pois o treinador confirmou que Raul Gustavo está com problemas musculares no departamento médico. Gil é a outra opção. “Vamos ter de encontrar a melhor dupla de acordo com as características do adversário”, desconversou o treinador.

No meio-campo, a formação inicial deverá ter Maycon, Cantillo, Du Queiroz, jogadores que foram poupados ou entraram no decorrer da vitória sobre o Botafogo. O ataque deverá ter Adson, Yuri Alberto e Willian, também com poucos minutos.

O treinador reafirmou que a escalação envolve a avaliação física e o risco de lesões, jogo após jogo. “Temos de ir jogo a jogo, fazer avaliação de como estão fisicamente e também em relação ao risco de lesões. Escolher aqueles que achamos que podem jogar numa intensidade forte nesta sequência de jogos de três em três dias.”

Confira também: